segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

"Cem pessoas detidas em 2010 por vendas online"

Como relata a jornalista Maria João Lopes, no Público de hoje, "Cinco anos depois da sua criação, a actividade da Autoridade de Segurança Alimentar Económica (ASAE) já praticamente quadruplicou o numero de intervenções, tanto nas operações de segurança alimentar como nas de fiscalização económica. E há novas áreas a merecer a atenção do organismo do Ministério da Economia, da Inovação e do Desenvolvimento, como a das vendas online.
[...]
Para além do aumento da actividade, também há novas áreas que merecem a atenção do organismo, como o 'mundo da Net'. Existe mesmo uma brigada que, permanentemente, controla as vendas online, o que já resultou em mais de cem detenções em 2010.
A comercialização de produtos - como o mel 'caseiro', o doce da avó e o artesanato - sem o devido registo é 'uma irregularidade' que a ASAE garante seguir. O inspector-geral, António Nunes, considera, porém, que são precisos 'mais inspectores que dominem as ferramentas informáticas, com uma profundidade maior'." (A hiperconexão foi acrescentada)
Este artigo está acessível em texto integral.

Sem comentários: